Montar uma equipe de trabalho qualificada para o serviço de campo não é fácil. É preciso escolher bem os colaboradores que vão representar a sua empresa enquanto você não está por perto.

Porém, também é parte fundamental para formar uma equipe eficiente que você adote práticas de liderança que otimize o seu processo de gestão e, consequentemente, incentive seus colaboradores a serem melhores.

Se você não sabe como fazer isso, continue lendo este blogpost e aprenda a montar uma equipe de trabalho externo ideal em apenas 5 passos.

#1 Montar equipe de trabalho: escolha dos colaboradores

Primeiramente, um gestor deve analisar as pessoas a serem convidadas para sua equipe, afinal ele vai depender do desempenho desses colaboradores também.

Sendo assim, é importante rotular o perfil ideal desejado e deixar isso estabelecido. Dessa forma, tudo fica mais fácil na hora da seleção de cada um para sua equipe.

Como sugestão, o gestor pode estabelecer uma determinada formação profissional ou certo grau de escolaridade. Por que isso é importante?

Porque, trabalhando com algo específico, o profissional que já tem a formação adequada e, consequentemente, o domínio de determinado estudo, facilitará noutros pontos que sempre insistimos em nosso blog: praticidade e tempo.

Assim, a “peneira” torna-se mais restrita e as chances de encontrar um bom funcionário para integrar a sua equipe de trabalho externo é bem maior. E pensando no melhor desempenho, ainda reduz o tempo com o processo de seleção.

#2 Determinação

Certamente você já ouviu falar na expressão “carregador de piano”. Se não, trata-se de uma metáfora usada para analisar pessoas dedicadas e com bastante determinação no que fazem.

São pessoas dispostas a fazer o necessário para que seu serviço/meta seja alcançado. Por exemplo, para transportar um piano do térreo de um prédio para o último andar é preciso estudar alguns pontos.

Será que ele passa pelo elevador? Não. Vai pelas escadas? Não. É possível desmontá-lo e levá-lo por partes? Não. Então passamos pela janela! Dessa mesma forma, testes são feitos em todo momento diante das diversas situações corporativas.

O importante é estar sempre disposto a realizar sua tarefa com determinação. Isso vale tanto para o colaborador escolhido, quanto para o gestor, pois a determinação é um ponto chave para o bom desempenho da equipe de trabalho externo.

#3 Vista a camisa

Este tópico é para você, gestor. Pois, apesar de tudo, se você não é um bom líder, é quase certo que sua equipe de trabalho remoto também não seja uma boa equipe.

Parece banal, mas muitas vezes (extremamente comum) o gestor acaba atuando como chefe de forma tão superior que se esquece que ele faz parte da equipe. Isso acaba deixando os colaboradores desmotivados.

Você sempre será o exemplo em sua empresa. Os colaboradores replicam as atitudes e valores que o chefe demonstra na organização.

Por isso, para que você seja um bom exemplo para sua equipe de trabalho externo, você precisa trabalhar duro com os demais colaboradores. Vendo você colocar a mão na massa, pode incentivá-los a trabalhar com mais determinação.

Além disso, “vestir a camisa” de equipe e trabalhar no mesmo nível organizacional, vai unir você e sua equipe em um só objetivo. Assim, você consegue engajar a equipe e garantir os melhores resultados para sua empresa.

#4 Escolha o que compartilhar com sua equipe de trabalho

Muitas vezes, nós, gestores, acabamos falando coisas demais para a equipe. As vezes, em determinada situação, o melhor seria não compartilhar aquela informação, para não gerar desconforto nos colaboradores.

A forma que nós temos de olhar para certas situações que acontecem em nossa empresa é totalmente diferente da forma que um funcionário vê. Por isso, falar sobre determinado assunto com eles, pode ser uma péssima escolha.

É importante que um gestor saiba também apenas observar o que está acontecendo, fazer perguntas para um ou outro colaborador e escutar sempre o que eles tem a dizer.

Portanto, se o seu posicionamento for um tanto polêmico, guarde para si. Caso seja para solucionar uma questão com um único colaborador, fale com ele individualmente e evite causar atrito com os demais colaboradores da equipe de trabalho.

#5 Seja um líder motivacional

Como deixamos claro, não é interessante ser apenas um líder que determina ordens. Seguindo os demais pontos citados acima, entrosamento é fundamental.

Não subestime a capacidade dos seus profissionais, muito pelo contrário, incentive-os. Deixe que eles saibam que são capazes e que você os escolheu por isso.

Atualmente, gestores que pensam “fora da caixa” tem trabalhado muito a motivação de seus funcionários, pois passaram a compreender que nem sempre recompensas em dinheiro, como bonificações, são a melhor forma de engajar sua equipe.

Além disso, diante da atual crise financeira, a motivação tem sido o melhor recurso para aumentar a produtividade das pessoas, fazendo com que elas se superem e sintam-se cada dia mais realizadas profissionalmente.

Por isso, para montar uma equipe externa eficaz, seja um líder motivador. Uma equipe motivada, sem dúvidas pode representar melhor a sua empresa em  campo.

Depois de ler estas poderosas dicas, você pôde ver que não é possível formar uma equipe de trabalho eficiente, sem primeiro ser um gestor eficiente.

Por isso, comece a colocar em prática estas 5 dicas e se torne um grande líder, para montar uma equipe de trabalho incentivada e focada em ser cada vez melhor.

Garanto que com uma equipe externa moldada, você terá muito mais chances de alcançar bons resultados para sua empresa.

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Related Post