Montar uma equipe externa de vendas não é uma tarefa nada fácil. Encontrar pessoas que se encaixam no perfil da sua empresa e que estão dispostas a seguirem as diretrizes da empresa.

E mesmo encontrando colaboradores com qualidade você pode enfrentar problemas ao mandar essas equipes pra rua e eles não conseguirem fechar novos negócios.

Isso acontece porque nem sempre as empresas têm funções definidas para cada colaborador dessa equipe.

O que vamos propor é que você monte uma equipe externa de vendas com perfis definidos e cada um com funções específicas para ajudar a bombar as vendas e melhorar de vez os resultados da empresa.

E aí estão prontos? Então vamos lá. Confira quais os tipos de colaboradores você deve ter:

– O Caçador de Leads:

Esse colaborador sabe como caçar os contatos certos para consumirem os produtos da sua empresa.

É um profissional que tem um bom networking e que não perde tempo com contatos que não são o público-alvo exato da empresa.

Esse tipo de profissional normalmente é muito bom de conversa e está sempre buscando conhecer novas pessoas relacionadas ao mercado que ele trabalha e sabe identificar quem tem o poder de decisão nos clientes que visita e já vai em busca de um contato direto com ele.

É o colaborador que levará o lead para a sua empresa.

 

– O Qualificador de Leads:

O caçador leva os leads que ele encontra na rua de volta para a sua empresa. É para o qualificador que ele passa esses dados.

Esse segundo profissional pega esses leads e qualifica quais são possíveis fechamentos de novos negócios e quais possivelmente só gastarão o tempo da equipe e não se tornarão clientes da empresa.

Mas como ele sabe qualificar esses leads? O qualificador vai em busca de informações externas através de visitas em possíveis clientes e através de questionários e pesquisas para identificar o público-alvo ideal para a sua empresa.

 

O Fechador:

Essa é a peça-chave da equipe externa de vendas. É nele que o dono da empresa confia na hora de realmente fechar negócio e assinar os contratos.

Ele normalmente é o colaborador que mais conhece o produto que a sua empresa oferece e tem um poder de persuasão  bem maior que o deu seus colegas.

Ele está sempre em contato com o qualificador para poder analisar quais os clientes mais prováveis de fechar e quais vão demandar mais tempo e mais conversas para concluir o negócio.

Ele é o braço direito do gestor e está sempre na rua visitando os melhores prospects.

 

– O Cuidador:

Esse é o colaborador responsável por dar os feedbacks e o suporte para os novos clientes. Ele fica por conta de ouvir e solucionar os problemas que os clientes podem vir a ter com seus produtos.

Ele também é o colaborador que ajuda a solucionar as dúvidas que os clientes em negociação normalmente apresentam antes de fechar negócio.

O cuidador normalmente entende muito bem as dores dos clientes e ajuda na atualização dos produtos vendidos na empresa, inclusive pontuando o que deve ser melhorado.

– O Apoiador:

Ele normalmente não se envolve muito na parte prática das vendas. Ele fica mais no backstage e costuma criar materiais para auxiliar na venda com dados como: os diferenciais dos produtos, as qualidades e os argumentos para os vendedores tentarem fechar novos negócios.

Ele conhece muito sobre o produto e normalmente nutre os clientes de informações sobre os produtos que a sua empresa vende.

Agora que você já sabe quais os perfis que deve buscar para montar uma equipe externa de vendas ideal, é só começar a caçar os colaboradores.

Comece a fazer a diferença em suas vendas e promova um crescimento bem legal nos resultados!

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Related Post