Como misturar elementos de Inside e Field Sales em vendas complexas - Auvo - Plataforma de Gestão de Equipes Externas

Se você trabalha com vendas complexas, sabe que o ciclo de vendas pode ser bastante longo e caro!

Fazer a escolha mais lucrativa pode parecer difícil, mas não precisa ser.

Virar-se para táticas de vendas remotas, mesmo quando as visitas presenciais são indispensáveis, reduz drasticamente o CAC e acelera as vendas.

Quando usar cada modelo?

De forma simples e resumida: use Inside Sales sempre que possível, principalmente nas primeiras etapas do seu funil de vendas complexas.

Use ferramentas de vendas remotas (calls, e-mails, etc.) nas etapas de Atração e Segmentação de leads.

Atração com inbound marketing + pré-vendas

Misture técnicas de inbound e outbound para gerar listas de leads a serem prospectados.

  • Leads vindos de estratégias passivas têm mais clareza das dores de negócio, pois passaram por um processo de nutrição e educação para o consumo…. embora nem sempre tenham fit de cliente ideal.
  • Leads vindos de estratégias ativas são escolhidos ‘a dedo’ por você – trazem tickets maiores e têm retorno mais rápido… desde que você faça a abordagem no tempo certo.

Fazer estes levantamentos por e-mail ou telefone é mais rápido e barato do que bater de porta em porta, não é mesmo?

Sugestão: tenha um profissional ou time exclusivamente dedicado a fazer estes contatos iniciais.

Assim, ele pode identificar e encaminhar para o time de vendas apenas os leads que estiverem em momento de compra. Você vai ver o Custo de Aquisição de Clientes (CAC) despencar.

Segmentação de leads com pré-vendas

Você gerou a lista de leads a serem prospectados, mas e agora?

Priorizar a ordem de abordagem é a melhor maneira de acelerar o seu ciclo de vendas.

Comece a atacar os “low-hanging fruit”, como dizem os ingleses. Colete os frutos que estão ao seu alcance, para encher a barriga mais cedo.

Mais uma vez, recomendamos a postura de vendas remotas: por meio de conversas à distância, construa a relação.

Levante dados profundos (aquelas informações que não estão no site) sobre o seu cliente por meio de ‘entrevistas’ ao telefone.

Assim você descobre com antecedência fatores técnicos e situacionais que pesam – contra ou a favor – de você em uma negociação.

Dica de mestre: montar um roteiro com base em SPIN Selling sempre ajuda!

A análise é potencializada quando você dispõe de chaveamento de dados, gatilhos mentais e derivações de perguntas.

Usar um software de segmentação como o Exact Spotter automatiza boa parte deste processo, mas não só.

Tração de vendas in loco

Tais metodologias tornam a tração de vendas bem mais assertiva… afinal, os vendedores só visitam leads realmente interessados em comprar.

Com os resultados da análise anterior em mãos, é possível direcionar a abordagem e derrubar objeções. Em outras palavras: converter oportunidades em clientes!

Neste momento sim, a reunião presencial pode ser recomendada – especialmente se você atua no setor de serviços ou de máquinas e equipamentos. Afinal, a infraestrutura do cliente impacta diretamente na qualidade e capacidade de entrega.

Boa parte da negociação pode feita remotamente. Mas estabelecer marcos em que sua presença física é ‘inevitável’ como parte da cadência também deixa o seu funil mais curto. Você pode ter como praxe assinar o contrato na sede do cliente, por exemplo.

Ou pode estabelecer um dia de visitação à sua empresa como parte do processo de aquisição de clientes key account. Você ganha autoridade mostrando a qualidade da sua estrutura, sem ter de arcar com as despesas de deslocamento.

Como misturar elementos de Inside e Field Sales na minha empresa?

Você pode acompanhar o curso Vendas complexas: Escolha o modelo ideal para o seu negócio. É gratuito. É online.

A Exact Sales e a Auvo montaram uma videoaula especialmente dedicada a ajudar você a escolher entre vendas presenciais ou remotas. Clique aqui para assistir ao vídeo “Vendas transacionais: equilibrando inside sales e field sales”.

E aí, como você faz na sua empresa? Nos conte nos comentários!

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Related Post

Qual desses gerentes você é, funcional ou gaivota?...
148
  Dentro da empresa podem existir vários tipos de gestores. Os que dão mais atenção para a equipe e aquele que não mostra interesse no que está ...
Saiba como criar um planejamento de vendas de suce...
207
O final de ano está chegando e os gestores das empresas já começaram a pensar no que fazer em 2017 para superar a crise desse ano de 2016 e alcançar r...
5 coisas que só quem é cliente da Auvo conhece
206
Aderir a uma nova ferramenta sempre é um processo que requer muita atenção e cuidado. Com uma ferramenta de gestão de equipes externas não é diferent...
07 atitudes diárias que deixarão sua mente mais pr...
140
Buscar conhecimento é sempre a melhor maneira de evoluir tanto mental quanto socioculturalmente e existem atitudes diárias que deixam a mente mais pro...