Uma dúvida comum entre os gestores de equipes externas é: um software para gestão de equipes externas e um CRM são a mesma coisa? Se não são, como eles interagem?

Para esclarecer essa dúvida de uma vez por todas, os dois sistemas não desempenham o mesmo papel nas empresas, cada um possui a sua função.

Mas a verdade é que, por serem usados em conjunto, em algumas empresas, isso causa muita confusão.

Talvez você nunca tenha imaginado que é possível combinar CRM e um software de gestão, afinal, são áreas que aparentemente não mantém relação.

Mas é aí que você se engana!

Pensando em sanar essa dúvida e em te ajudar com boas ferramentas para a sua gestão, este artigo foi feito especialmente para você!

As principais diferenças: Software para gestão de equipes externas x CRM

Como eu disse, os dois possuem funções diferentes.

A principal diferença entre um software para gestão de equipes externas e um CRM é que enquanto o CRM é totalmente voltado para o seu cliente, o software de gestão é voltado para o gestor e os colaboradores.

Ainda assim, as funções que eles executam podem ter o mesmo nome e confundir bastante, principalmente quando o gestor está em dúvida se deve ou não investir em um software de gestão.

Por isso, aqui está uma lista das principais diferenças entre essas duas ferramentas.

Você verá que as funções são diferentes e como cada uma delas pode ajudar na sua gestão de equipes externas. Vamos lá?

Monitoramento

Um sistema para gestão de equipes externas não apenas monitora os colaboradores, mas também ajuda o gestor a ter mais controle sobre a sua equipe.

Esse controle é feito através no monitoramento das rotas dentro do horário de trabalho.

O que eu quero dizer, é que a ferramenta que ajuda o gestor a gerir melhor a equipe externa é voltada para o colaborador.

Ela vai ajudar, por exemplo, a saber se a visita ao cliente foi realizada, em qual horário, por qual rota e como foi esse atendimento.

É uma ferramenta que conecta o gestor com o colaborador.

Já o CRM ficará com a parte da prospecção, ajudando a saber quais os dados e informações sobre o cliente, seja atual ou ideal; os pontos de contato com a empresa; ligações; visitas; entre outras interações.

Ou seja, o CRM é voltado para como a sua equipe usa as informações dos clientes para gerenciá-los.

É uma ferramenta que conecta o colaborador com o cliente.

Conhecer o cliente

Pode até parecer algo clichê, mas hoje o cliente está, realmente, mais exigente.

São várias opções no mercado, vários concorrentes e, para que a sua empresa seja escolhida, é preciso conhecer muito bem o perfil do cliente.

Ao usar um CRM, esse desafio é facilitado.

Com os dados do cliente armazenados, nas diferentes fases da compra, fica mais fácil e seguro fazer uma análise mais clara do tipo de produto que ele mais gosta, o dia que mais gera venda, por exemplo.

Não é muito mais fácil ir até o cliente já com todas as informações em mãos?

Com essas informações, aumentam as chances do fechamento das vendas. E com um colaborador bem produtivo, essas visitas podem aumentar.

De forma rápida, a diferença entre o CRM e o software para gestão de equipes externas, é que, com o CRM você consegue ter em primeira mão todas as informações do cliente e tomar decisões em cima disso.

No software para gestão de equipes externas, a informação que você consegue conhecer melhor o seu colaborador e entender, por exemplo, qual vendedor atende mais clientes e possui um melhor desempenho.

Informação em tempo real

Saber tudo o que você precisa sobre os clientes em um só lugar?

Com o CRM é possível!

O sistema centraliza as informações, o que agiliza a pesquisa e o contato com o cliente.

Além disso, se precisar atualizar algum registro, com o CRM, os dados serão alterados em tempo real, evitando perda de tempo.

Isso faz com que os atendimentos não demorem a acontecer e que, caso o vendedor necessite, poderá ser atualizado em tempo real sobre informações do cliente.

Mas quando a sua necessidade é saber também sobre o vendedor externo em tempo real?

Bom, é aqui que o software para gestão de equipes externas atua.

As informaçõe sobre o vendedor também é dada em tempo real. Você consegue saber qual cliente ele está visitando, qual é a sua agenda da semana – ou até mensal -, além de ter todas as informações salvas no sistema.

Mesmo com funções diferentes, o monitoramento em tempo real é possível nas duas ferramentas!

Aumento da produtividade e economia de tempo

Um enorme benefício que pode ser encontrada nas duas ferramentas, é o aumento da produtividade dos seus vendedores e a economia de tempo em cada visita.

Por exemplo, não será necessário utilizar ferramentas de agenda para lembrar qual cliente deverá ser visitado, o local e qual a melhor rota, afinal, isso tudo já fica salvo no software de gestão.

Agora, antes mesmo da visita acontecer, o vendedor pode se enrolar todo quanto a saber as informações sobre o cliente e perder tempo procurando ou consultando o gestor.

Com o CRM, essa economia é feita a partir do momento em que as tarefas são automatizadas e os relatórios, de atendimento até as vendas, são disponibilizados dentro do sistema.

A economia com o software para gestão de equipes externas é um pouco diferente, afinal, as tarefas também são automatizadas e os relatórios são disponibilizados para o gestor, mas os dados dentro do relatório não são os mesmos.

Esse relatório é o que chamamos de “relatório de visita comercial”, e é possível ter mais eficiência na sua gestão.

Bom, agora que você viu as diferenças entre as duas principais ferramentas para uma gestão de vendas eficiente, pode estar se perguntando se é possível fazer a integração.

E é isso que abordaremos no próximo tópico.

É possível integrar?

Você, como gestor, acha que da forma como a sua empresa está trabalhando, conseguem alcançar os objetivos?

Se a resposta for “não” ou você ficar em dúvida, talvez seja hora de rever a forma como você está contando com a ajuda de ferramentas automatizadas para a sua gestão.

Quando você integra um software de gestão de equipes com um CRM, a sua gestão se torna mais eficiente, assertiva e com objetivos traçados e alcançados.

Além do tempo que pode ser economizado e das informações registradas nos dois sistemas, essa integração facilita a gestão e é uma ajuda e tanto para o vendedor.

O mais importante ao integrar um CRM com um software de gestão é a diferença na hora de gerenciar a equipe: o controle dos pontos fortes e fracos e a possibilidade da tomada de decisões a partir de dados.

Os vendedores terão as visitas facilitadas, nunca mais esquecendo de um cliente e os gestores conseguirão ter um acesso total dessas visitas.

É uma ajuda e tanto para toda a empresa e para os clientes também!

Ainda não se convenceu?

Softwares com soluções integradas para diferentes áreas de uma empresa são o futuro da tecnologia empresarial!

Afinal, eles permitem através do compartilhamento de informações, reduzir os custos e aumentar a produtividade.

Além disso, permite que as equipes envolvidas trabalhem de maneira integrada, o que melhora muito o resultado final da prospecção e do fechamento das vendas.

O que importa é entender que mesmo que sejam diferentes, ambos ajudam a empresa e por isso podem, e devem, ser integrados.

A dica principal que eu te dou é: não tenha medo em automatizar os seus processos e tornar a sua empresa parceira da tecnologia. 😉

Bônus: É o mesmo que ERP?

Preparei um bônus especial para você nesse artigo, afinal, pode ser uma dúvida sua também a diferença entre um Software para gestão de equipes externas x CRM x ERP.

A diferença é simples e rápida?:

Um ERPPlanejamento dos recursos da empresa –, nada mais é do que uma gestão interna e aprofundada dos colaboradores. Ele é usado para organizar as áreas internas de uma empresa, seja de RH, estoque, contabilidade ou financeiro.

Já o CRMGerenciamento de relacionamento com o cliente- é utilizado para a área comercial, visando um melhor relacionamento com o cliente. O que ajuda o gestor a ter uma panorama melhor e mais apurado acerca das atividades comerciais.

E, por fim, um software para gestão de equipes externas, ajuda o gestor a ter um controle maior acerca das atividades externas do colaborador, como uma forma de medir e aumentar a produtividade, gerando, assim, vendas melhores.

Cada uma dessas ferramentas podem ajudar a empresa e a gestão, basta integrá-las!

Como se pode ver, a utilização de um software para gestão de equipes externas é mais eficiente quando aliada a um bom relacionamento com o cliente!

 

 

Isadora é redatora da Auvo, responsável por criar conteúdos ricos para ajudar gestores de todo o Brasil a aumentar a produtividade das suas equipes de campo.