Ter uma equipe externa, muitas vezes, significa trabalhar com prazos apertados e metas a serem batidas. Como resultado, as empresas estão sempre procurando uma forma de reduzir custos operacionais, sem sacrificar a qualidade do serviço.

Você, como gestor, acha que da forma como a sua equipe está trabalhando, consegue alcançar todos os objetivos propostos?

Em tempos de crise e forte concorrência, essa prática pode se tornar vital para que as empresas se mantenham vivas e atuantes no mercado.  Por isso, o gestor deve ficar atento às dicas e novas tecnologias que possam contribuir nesse sentido.

Então, quais são as melhores maneiras de fazer a redução de custos operacionais e aumentar o ROI da equipe de campo?

Abaixo, listei dicas e ideias importantíssimas para reduzir custos e aumentar o lucro:

Qual a importância de reduzir custos operacionais?

Pense por um minuto sobre como você determina o preço dos produtos e serviços que oferece.

Seja com base na margem de contribuição de cada item ou no lucro que deseja obter, um fundamento básico se mantém: os custos.

É isso mesmo! Todas as fórmulas de cálculo de preço buscam cobrir os custos das operações.

Quando você tem custos muito altos, acaba chegando a um preço também alto, que pode estar acima do praticado pela concorrência.

Isso deixa a sua empresa para trás no mercado dos concorrentes, principalmente em empresas de prestação de serviços.

O que você tem que entender o quanto antes é que custos operacionais altos podem inviabilizar um negócio.

Custos operacionais muito altos podem ser indicativos de problemas internos na empresa e que, muitas vezes, passam despercebidos, como:

  • Falta de processos automatizados;
  • Desperdício de materiais;
  • Alto índice de defeito no processo produtivo;
  • Falta de engajamento dos colaboradores.

Diante disso, cabe ao gestor descobrir quais são os gargalos e aqueles pontos que mais impactam nos custos. Afinal, cada empresa possui custos diferentes.

Com essa informação em mãos, é hora de correr atrás das devidas soluções.

A redução de custos traz vários benefícios para a empresa, dentre eles a melhora na competitividade do mercado, uma vez que ela começa a produzir mais com menos. E com essa economia é possível investir em novas estratégias.

Quando a empresa faz investimentos, aumenta sua receita financeira, o que, por sua vez, incrementa seus resultados, pois o dinheiro investido complementa as margens operacionais.

É possível investir em diversas melhorias, tais como:

  • Capacitação e treinamento do time;
  • Ampliação ou renovação das máquinas e ferramentas utilizadas pela equipe;
  • Aquisição de materiais de melhor qualidade.

Como reduzir custos na equipe com eficiência?

As formas de redução de custos em uma empresa são inúmeras. Como o gasto com recursos desnecessários podem estar em vários lugares, não existe apenas um caminho correto.

Mas como o foco é fazer a redução de custo sem afetar a produtividade dos colaboradores, listei 4 formas de fazer isso eficientemente e solucionar possíveis problemas na produção. Vamos lá?

Mapeamento de processos internos

Para começar o processo de redução de gastos com o pé direito, é preciso fazer um mapeamento de toda a empresa antes.

Essa é uma atividade um tanto complexa, mas que vale muito a pena, à medida que as dificuldades de produção forem sendo encontradas.

Antes mesmo de mapear o que deve ser feito ou mudado externamente, identificar o que está sendo desnecessário ou precisa de melhoria é de extrema importância.

Por exemplo, se a sua empresa ainda utiliza planilhas, ou até mesmo processos manuscritos, para fazer o controle de maquinários alugados, pode estar na hora de automatizar esses processos e reduzir custos e horas perdidas.

Alugue equipamentos

Outra estratégia inteligente para reduzir custos operacionais é optar pelo aluguel de equipamentos ao invés de sua aquisição.

Essa medida deve ser avaliada, mas, de modo geral, a estratégia de aluguel é indicada quando o equipamento é utilizado poucas vezes e para apenas um serviço específico.

Dessa maneira, não faria sentido desembolsar um preço alto para uma máquina que não é muito utilizada.

O contrário também é válido. A sua empresa pode ser o locatário de máquinas não muito utilizadas, gerando mais receita para a empresa e reduzindo custos que uma máquina parada por muito tempo pode acarretar.

Controle de estoque

O controle de estoque eficiente é um ponto vital para a redução de custos. Afinal, deixar o capital imobilizado com mercadorias de baixa rotatividade de nada vale.

Esse estoque pode estar relacionado a empresas do tipo industrial, por exemplo, que realizam a produção de mercadorias para empresas de revenda.

Ele também está disponível para o setor de produção, que transforma esses materiais estocados em produtos finais.

É necessário que a empresa tenha sempre em estoque todos os materiais necessários à produção, e a importância de seu controle está em nunca deixar faltar tal material ou em apurar uma diminuição da produção.

Sem um bom controle de estoque, a empresa acaba perdendo oportunidades de negócios e sofre prejuízos com itens perdidos, vencimento ou extravio.

Para não ter que lidar com esse tipo de problema, é preciso definir datas precisas e contar com o controle efetivo do estoque, verificando sempre e evitando perdas.

Invista em inovação tecnológica  

Os avanços tecnológicos oferecem cada vez mais ferramentas para auxiliar o processo de gestão em empresas dos mais diversos segmentos.

Essas ferramentas baseadas em tecnologia, otimização do tempo e redução de custos, ajudam a moldar equipes externas para um trabalho mais eficiente.

Se o foco é buscar redução de custos em equipes de campo, conte com softwares que atendam às necessidades citadas anteriormente.

Para escolher e investir corretamente no serviço, você pode se fazer as seguintes perguntas:

  • Em qual processo eu acho que gasto uma quantidade excessiva de tempo?
  • Se eu pudesse tirar uma das tarefas mais demoradas do meu dia a dia, o que seria?
  • É possível reduzir tempo, e consequentemente, custos com alguma atividade?

Por exemplo, se a sua empresa é uma prestadora de serviços que gasta muito tempo emitindo ordens de serviços e repassando todas elas para uma planilha, está na hora de pensar na adoção de um serviço de O.S digital.

Redução de custos sem redução de performance

O ponto chave dessa discussão, como você pode ver, é garantir que a redução de custos seja feita de forma a otimizar a performance da equipe de campo, e não reduzir as suas condições de trabalho.

Para que isso aconteça, é necessário implementar métricas para acompanhar como está sendo a performance da equipe com um todo.  

A organização por meio da utilização de ferramentas, permite uma proximidade maior entre o ROI planejado e o alcançado, já que os custos com combustível, despesas e o custo das tarefas podem ser medidos de forma rápida e assertiva.

Para saber mais sobre essa ferramenta e como ela pode te ajudar, basta clicar aqui.  

Existem várias maneiras de se reduzir custos na empresa. Cabe ao empreendedor analisar quais mais se adaptam ao seu negócio para, dessa forma, ganhar em competitividade no mercado.

Faça uma análise da rotina de sua equipe de campo e veja como essas dicas poderão ajudá-lo a reduzir custos operacionais sem comprometer desempenho e performance!

Isadora é redatora da Auvo, responsável por criar conteúdos ricos para ajudar gestores de todo o Brasil a aumentar a produtividade das suas equipes de campo.