Cada vez mais as empresas estão optando por fazer a locação dos seus ativos, a fim de, principalmente, reduzir custos. E com isso, se torna necessário gerenciar o controle de locação de equipamentos assertivamente.

O mercado de locação é bastante promissor e interessa a vários setores: prestadores de serviços, manutenção, construção, entre outros.  

Segundo pesquisa da Sobratema, o mercado de locação cresce em todo país, especificamente nas regiões do norte e nordeste, além do mais, 30% do mercado de máquinas são destinados a locação!

O que isso significa? Que essa é uma grande oportunidade para a sua empresa.

Mas para que haja sucesso, é preciso saber como gerenciar de forma eficiente e ter um controle dos seus ativos.

Sabendo dessas dúvidas, esse conteúdo te explicará justamente isso. Continue lendo esse artigo para aprender mais!

Por que fazer um controle de locação de equipamentos?

Pensar em um bom controle de locação de equipamentos é pensar em oportunidades de mercado, aumento do lucro empresarial e redução de custos de manutenção.

Saiba que, na visão dos contratantes, uma empresa de locação que estiver coerente com as inovações tecnológicas e ofertar não só equipamentos novos, mas também boa assistência técnica, sempre sai na frente desse mercado.

Mas se você precisa de um estímulo a mais para começar a fazer esse controle, separei alguns dos melhores motivos, confira:

Evitar prejuízos maiores

Um exemplo simples, é o de prejuízos advindos da falta de controle de locação de equipamentos: não ter as datas de início e fim da locação registrada.

Se você não tem controle sobre essas informações, seu cliente pode estar usando seus equipamentos fora do período contratado, ou seja, de graça!

Outro exemplo muito comum, e muito grave: não saber exatamente qual equipamento está com qual cliente. Mesmo que seja um equipamento pequeno e com pouco valor de aquisição, acaba se tornando um prejuízo.

Ainda que você use uma planilha para ter esse controle, ela está sendo atualizada diariamente? Você, como gestor, acha que está perdendo tempo que poderia ser utilizado de forma mais eficiente, apenas atualizando essas planilhas?

Percebe como uma planilha pode ajudar, mas, ainda assim, contar com a automação desses processos, evita prejuízos maiores?

Falaremos mais a frente sobre como você pode fazer essa automação, fique conosco!

Mais organização

Um bom controle de locação de equipamentos envolve desde a gestão de estoque até a gestão financeira das locações.

Sabendo, exatamente, quais máquinas estão locadas, com qual cliente, por quanto tempo e qual o período de devolução, fica muito mais fácil ter organização na empresa.

É preciso ter organização dentro e fora da empresa, para que todo o processo funcione da maneira correta.

Passar uma boa imagem

Com um controle de equipamentos eficaz sua empresa ficará muito mais organizada, e o cliente percebe isso.

Essa organização passará ainda mais confiança para seus clientes, que terão mais segurança e poderão fechar mais contratos.

Prezar por um atendimento personalizado é de extrema importância para qualquer empresa. E quando o cliente percebe esse tipo de atendimento, consegue enxergar uma boa imagem.

Mas o que isso tem a ver com o controle de locação de equipamentos? Absolutamente tudo!

É preciso oferecer bons produtos, é claro! Mas de nada adianta ter os melhores produtos e serviços do mercado, se o cliente não está satisfeito e não pensa em te indicar.

Quando você faz um atendimento de qualidade e sabe, exatamente, o que o cliente achou do que foi oferecido, aumentam as chances dele continuar com a empresa e de você, gestor, saber como replicar isso com novos clientes.

Bom gerenciamento de clientes, fornecedores e contratos

Fazer o controle de locação de equipamentos vai muito além de ter um caderno, ou uma planilha, para anotar as entradas e saídas dos ativos.

É preciso ser mais abrangente, mais profissional e ligado nas tendências.

Alguns procedimentos podem otimizar esse processo, como o gerenciamento de clientes, fornecedores e contratos.

Manter os dados dos clientes e fornecedores e clientes atualizados é necessário para acompanhar de perto o que cada um está locando ou fornecendo.

Alguns dados importantes, do ponto de vista gerencial são: informações de contato, histórico de contratos, ramo de atuação e se ele está como cliente ativo ou inativo.

Por isso, se torna necessário acompanhar e gerenciar os contratos vigentes.

Mantenha-se informado sobre quando eles se encerram, quais podem ser renovados, quais clientes estão em atraso e quais precisam de uma atenção especial.

Todo esse gerenciamento e acompanhamento traz bons benefícios ao final do mês, com processos mais organizados e clientes satisfeitos.

Como fazer a gestão de locação de equipamentos eficiente?

Chegamos à cereja do bolo: como fazer a gestão de locação de equipamentos de forma eficiente, automatizada, gerando mais lucro e gastando menos tempo com atividade corriqueiras?

Você pode até ter um certo controle das planilhas utilizadas e guardar bem todos os documentos de entrada e saída de ativos, mas apenas isso basta, visto que o controle de locação de equipamentos é algo que merece atenção?

Ter o controle sobre tudo o que foi dito até agora é praticamente impossível sem a ajuda de um software de gestão, principalmente se o seu foco for o melhor crescimento da empresa.

Esse software nada mais é do que um sistema de gerenciamento completo, voltado para empresas de variados portes que alugam equipamentos de qualquer natureza e que atende a todas as necessidades de gestão do setor.

Dentre as inúmeras funcionalidades que ele pode oferecer, as que mais agregam valor para uma empresa que necessita de um controle de locação de equipamentos, são:

  • Possibilidade de organização de estoque, avaliando a quantidade e os tipos de ativos estocados;
  • Eficiência no cadastro de clientes, dando uma visão maior sobre quem a sua empresa atende;
  • Fazer uma boa gestão de manutenção, garantindo o bom funcionamento das máquinas;
  • Fornecimento de relatórios diversos, apoiando a tomada de decisões com dados certeiros.

Como eu disse, essa são algumas, das muitas, funcionalidades que um sistema de gestão pode oferecer. Para saber sobre essa ferramenta de forma mais ampla e completa, basta clicar aqui, temos um artigo especial para isso.

Agora que você já sabe que planilhas ajudam, mas que ao investir em uma ferramenta completa o seu tempo será mais otimizado e a sua empresa só tem à ganhar.

Ter o controle de locação de equipamentos e fazer uma boa gestão desses ativos é uma tarefa importante para toda a empresa, por isso, é hora de colocar o que foi aprendido em prática.

Isadora é redatora da Auvo, responsável por criar conteúdos ricos para ajudar gestores de todo o Brasil a aumentar a produtividade das suas equipes de campo.