Arquivos gerenciador de tarefas - Auvo - Plataforma de Gestão de Equipes Externas
4 coisas que você pode fazer hoje para motivar sua equipe externa!

4 coisas que você pode fazer hoje para motivar sua equipe externa!

Mais de dois terços dos funcionários brasileiros não estão engajados e motivados em seu trabalho.

Isso representa cerca de 25% em receitas para a maioria das empresas no Brasil. Ou seja, você perde muito dinheiro por sua equipe não estar motivada.

Isso não é uma realidade exclusivamente brasileira, estima-se que os EUA percam cerca de 500 Bilhões de dólares por ano com esse problema crônico que atinge o mundo moderno.

No Brasil essa situação não deve ser muito diferente.

A boa notícia é que muitas empresas em todo o mundo já começaram a olhar para este problema. Algumas empresas como o Google já implantaram uma série de ações para reduzir as percas e aumentar a produtividade.

Dentre as ações estão a implantação de mais flexibilidade para os colaboradores, modelos colaborativos de trabalho, ambientes agradáveis e até mesmo massagens e lavanderia grátis para os colaboradores.

No entanto só isso não basta, o problema é muito mais profundo. Poucas empresas conseguem de fato transmitir sua missão, visão e valores para seus funcionários, nem mesmo líderes de equipes possuem isso claro e definido, tornando a situação muito mais complexa.

Abaixo vamos listar 4 coisas que você poderia começar a fazer para mudar esse cenário.

1 – Comunique a visão e missão da empresa a todos (sem exceção)

A grande maioria dos colaboradores de hoje precisam sentir um proposito por estar executando aquela função na equipe. Principalmente a geração Y.

Um estudo da Levo League mostrou que 84% das pessoas da geração Y classificaram como “proposito” o principal motivo de escolherem ou não um trabalho.

Isso mostra que as pessoas hoje querem trabalhar em empresas que definitivamente mudam o mundo.

E acredite, sua empresa faz isso, melhorando a vida dos clientes. Isso pode parecer clichê mas nenhuma empresa sobrevive no mercado se não melhorar a vida de alguém.

Mas essa visão deve ser compartilhada com seus colaboradores, eles devem sentir isso ao executar uma tarefa ou participar de um projeto.

Isso se faz em duas etapas, a primeira é comunicar a missão de sua empresa a seus colaboradores e a segunda é mostrar o proposito disso na vida dos clientes.

Essa visão vai mostrar que a atividade do seu colaborador é essencial para a execução da missão. Trará mais engajamento e motivação.

Se você não apresenta os valores da empresa para todos os colaboradores está literalmente perdendo dinheiro.

O “relatório de grandeza” da Achieves mostrou que as percas são enormes com colaboradores pouco engajados.

Se o seu colaborador é motivado apenas com premiações alguma coisa está muito errada, principalmente no que tange a missão da empresa.

É muito interessante ver companhias que conseguiram implantar isso em seus colaboradores.

Ressalto um cliente da Auvo, a PCTEL. Eles desenvolvem uma bussola interna que guia todos os passos e atitudes em prol da empresa e da missão que ela realiza.

2 – Criar um canal de feedback

Se o seu colaborador tem um canal de comunicação com seu líder, tudo se torna mais simples. O canal de comunicação a que me refiro não é “poder conversar sempre que quiser” apenas. É muito mais amplo.

Liberdade de propor novas soluções para os problemas e até mesmo melhorias em projetos. Como dissemos no item anterior, é importante que o seu colaborador se sinta parte importante do projeto.

Muitas empresas fazem avaliações anuais de desempenho. Nessas avaliações elas mostram como o colaborador evoluiu, onde ele precisa melhorar e o que ele deve fazer para almejar novos cargos dentro da empresa.

Até os anos 90, isso servia muito bem, mas as pessoas mudaram. Hoje não basta apenas um feedback por ano, um plano de cargos e salários e etc.

O colaborador precisa de muito mais para se manter engajado, vislumbrar um futuro dentro da empresa e se dedicar ao máximo. É meu amigo, as coisas hoje não são tão simples como eram no passado.

Por isso crie espaços de comunicação, como reuniões em grupos, avaliações pessoais e da empresa, uma intranet pode resolver muito dos seus problemas se ela for bem utilizada.

3 – Celebre as pequenas vitórias

Empresas tendem a comemorar resultados apenas no fim do ano com a “confraternização” ou apenas em fechamento de grandes negócios ou finalizações de projetos muito longos.

Mesmo empresas menores, os colaboradores possuem uma lista de afazeres tão grande que acabam deixando de celebrar pequenas conquistas.

Isso pode trazer um sentimento de exaustão para sua equipe. É importante relaxar e interagir com outras pessoas da empresa.

Por exemplo, se alguém que possui dificuldade de falar em público faz uma apresentação é motivo para comemoração ou se um novo colaborador irá integrar a equipe.

Isso irá dinamizar as relações entre os membros da equipe, trazendo resultados positivos no médio e longo prazo para a companhia.

Não é necessário, festas, salgadinhos e apitos, muitas vezes uma salva de palmas para a equipe por ter conseguido uma pequena conquista já basta.

A interação entre os membros de sua equipe é essencial para o sucesso do empreendimento.

Na Apple, uma das maiores empresas do mundo, eles construíram salas comunais para que os colaboradores pudessem trocar ideias na hora do cafezinho ou do lanche.

Foram a partir dessas conversas que produtos incríveis começaram a ser modelados na empresa. Por isso, seus funcionários com certeza podem agregar muito ao negócio se possuírem essa conexão.

4 – Reconhecimento memorável e significativo

Como já dissemos se você ainda acha que irá conseguir motivar seu colaborador a trabalhar por um proposito apenas oferecendo dinheiro, você não irá conseguir o resultado esperado.

No dia em que você não oferecer a recompensa ele irá desmotivar novamente. Estudos indicam que as pessoas são mais felizes quando gastam o dinheiro com o “viver” do que com o “ter”.

Por isso você pode oferecer momentos para seus colaboradores, como um jantar, viagens e etc. Isso ficará guardado na memória dele e irá criar um sentimento de gratidão que apenas “dinheiro” não iria fazer.

Você pode motivar sua equipe externa implantando facilmente esses processos em sua empresa.

Garanto que os resultados a médio e longo prazo irão trazer novas perspectivas para você.

Para gerenciar sua equipe externa e implantar qualquer modelo de meritocracia e bonificação você pode acompanhar o rendimento de cada um com o Auvo.

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Como reduzir o estresse de sua equipe externa

Como reduzir o estresse de sua equipe externa

 

A produtividade das equipes tem subido exponencialmente nos últimos anos graças a novas técnicas de gestão e a tecnologia. Porém, tem crescido também o estresse da equipe.

Contudo trabalhar na rua visitando clientes, dando manutenção em equipamentos ou até mesmo entregando mercadorias não é um trabalho fácil.

A pressão por resultados é alta e o ritmo de trabalho muito estressante. Por isso vale a pena você investir em técnicas para deixar sua equipe mais à vontade com o trabalho e consequentemente aumentar ainda mais a produtividade.

Abaixo nós da Auvo vamos listar 3 dicas para você reduzir a pressão sobre seu time.

1 – Reconheça o que seu time tem feito

O reconhecimento do líder sobre o trabalho realizado ou a responsabilidade assumida é algo que todos os seus colaboradores esperam.

Existem dezenas de modelos de premiação que você pode fazer com sua equipe. Nem sempre a melhor maneira é oferecer dinheiro, arrisco-me a dizer que ela não está nem entre os 10 melhores.

Mas o mais importante é você mostrar a eles que os valoriza e que todo o esforço que eles estão fazendo será bem recompensado.

Procure sempre saber como está o andamento de cada atividade, se eles precisam de algum tipo de orientação ou até mesmo de ajuda.

Isso fará com que os colaboradores confiem mais em você e te ajudem em momentos de crise. O que, consequentemente, reduz o estresse da equipe.

2 – Conheça cada membro da equipe

Muitos gestores não querem nem saber sobre a vida pessoal dos seus colaboradores, alguns argumentam que isso pode atrapalha-los na tomada de decisões.

Porém é importante levar em conta que a vida pessoal do colaborador influência diretamente em sua produtividade.

Se você quer ter uma gestão de vendas efetiva ou um controle de manutenção você precisa saber o que seu colaborador está passando.

Você não precisa ser amigo dele, mas precisa ter consciência que é seu trabalho sempre motivá-lo mesmo em momentos difíceis da vida dele.

Equipes de campo são mais complexas, mas sempre que for possível chame-o para uma conversa, para evitar o estresse da equipe.

Isso fará com que você se posicione ao lado de seu colaborador e que ganhe o respeito e a confiança dele. Você pode saber mais sobre o assunto com Robert Wong.

3 – Estabeleça canais de comunicação

Uma das grandes dificuldades dos gestores é estabelecer canais de comunicação efetivos com sua equipe externa.

A falta deles faz com que a comunicação não seja efetiva e consequentemente os resultados sejam falhos.

Defina por onde todas as metas, objetivos e feedbacks serão repassados a equipe. Isso trará mais credibilidade e consequentemente mais resultados.

Conheça o Auvo a melhor ferramenta para controle de equipes externas, com ele você consegue localizar sua equipe, organizar a agenda de cada um deles e aumentar em até 35% a produtividade. O estresse da equipe é quase nulo com um trabalho tão organizado e produtivo.

Tenha um gerenciador de tarefas para equipes externas grátis. Teste agora.

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.