Arquivos gerenciar equipe externa - Auvo - Plataforma de Gestão de Equipes Externas
Como ser um supervisor de vendas externas de sucesso?

Como ser um supervisor de vendas externas de sucesso?

Se você conseguiu chegar ao cargo de supervisor de vendas externas, saiba que a sua capacidade de enxergar oportunidades, ser produtivo e de ajudar os clientes, foi essencial para que isso acontecesse.

Mas não é apenas isso que mantém um bom supervisor de vendas externas à frente da equipe, tampouco o que faz de você um supervisor de sucessos.

Independente se você é um vendedor recém promovido a supervisor de vendas externas, ou se você já é um supervisor de vendas e quer saber como melhorar a sua atuação, esse artigo é para você.

Pensando nisso, depois de muita pesquisa, separei as melhores dicas para que você se torne um supervisor de vendas externas de sucesso. Vamos lá?

O que realmente faz um supervisor de vendas externas ter sucesso?

O seu papel, a partir de agora, é a liderança. E a sua principal missão é saber lidar com o seu time para administrá-lo da melhor forma possível.

Isso mesmo, você deve oferecer aos seus colaboradores as melhores condições de trabalho para que eles consigam alcançar as metas.

Trabalhar para que a produtividade aumente e para que os custos diminuam não é uma tarefa fácil. Mas também não é impossível.

Quanto mais você der o seu melhor e se concentrar apenas em ajudar a sua equipe, mais fácil essa tarefa ficará e melhor será o seu resultado.

Além disso, é muito importante lembrar que o seu time possui uma meta a ser alcançada e é a sua gestão que vai ajudar para que isso aconteça.

Ufa, é muita coisa não é? Por isso, estou aqui para te ajudar.

O que fazer para que isso aconteça

Vamos agora as dicas para ajudar a sua equipe de vendas externas a bater as metas e para que você seja um supervisor de vendas externas de sucesso.

1- Foque em ser um líder

Mais do que ser apenas um supervisor de vendas externas, foque em ser um líder de sucesso!

Isso significa: identificar os pontos fortes para investir neles, e os fracos também, para mudá-los. Seja da sua equipe ou de cada colaborador específico.

Você precisa ser um líder estratégico e se esforçar para entender a sua equipe como um todo e assim poder investir em mudanças.

Além do mais, é extremamente necessário entender que ter um papel de gestão de equipes não significa que você deve liderar a sua equipe como gostaria de ser liderado.

A realidade está muito longe disso.

Grandes supervisores de vendas externas sabem que cada pessoa da equipe é diferente e, portanto, a liderança acontece de acordo com as necessidades e com o potencial de cada um.

Obs: Quando se tratar da equipe, a liderança deve ser feita em comum com todos os colaboradores. Evitando, assim, algum desentendimento.

2- Saiba, antes de tudo, ouvir

Uma das grandes características de um supervisor de vendas externas de sucesso, é saber ouvir os seus colaboradores.

Mantenha sempre uma boa comunicação com a sua equipe e dê apoio sempre que eles tiverem uma dúvida ou uma sugestão.

Ser um supervisor de vendas externas de sucessos está bem além de apenas gerir. Se trata de ser uma pessoa com quem todos possam confiar.

É sempre bom lembrar que ninguém chega ao topo sozinho. No início da sua carreira, certamente você teve alguém para ajudar e ouvir você.

Não seja diferente agora que é você quem está nessa posição! 🙂

Plano de Aquisição de Clientes

3- Se baseie sempre em processos

Quanto mais objetivo você for, melhor será a capacidade de realizar bem a sua gestão.

Por isso, tenha sempre um processo de vendas bem estruturado. Isso ajuda a sua equipe saber o que deve ser feito e te ajuda a analisar os dados obtidos.

Distribua as atividades de acordo com cada colaborador ou equipe. E para que isso aconteça, separe as características dos vendedores no que faz deles grandes, médios e fracos profissionais.

Em seguida, você consegue montar as atividades certas para cada um e definir as metas a serem batidas.

E, como você já deve saber, quando se fala em vendas, também se fala em processos como base.

Você não conseguirá ser um supervisor de vendas externas de sucesso se não entender como o processo funciona e o que cada vendedor precisa fazer para melhorar o seu desempenho.

4- Inspire a sua equipe

É justamente esse tipo de líder que a sua equipe de vendas externas precisa. Alguém que ouça, ajude e inspire, todos os dias, a bater as metas e chegar aos resultados esperados.

A maioria dos supervisores de vendas externas são selecionados para esse cargo por serem altamente produtivos e rentáveis, no caso de terem sido vendedores antes.

E essa é uma das maneiras de moldar a equipe de vendas externas à imagem de um ótimo vendedor e transformá-los em ótimos vendedores também.

Lembre-se que, mesmo que você seja um supervisor, buscar conhecimento, orientação e treinamentos é de extrema importância.

Quanto mais conhecimento você tiver, mais pode oferecer a sua equipe. Além de contribuir para a melhoria dos processos.

5- Um supervisor de sucesso, possui uma equipe de sucesso

Quando você possui uma equipe de sucesso, a sua supervisão fica mais fácil e você tem mais possibilidades em obter sucesso no que faz.

Por isso, separei algumas dicas preciosas para você, vamos lá?

–  Monte uma equipe com pessoas que possuem experiências diferentes, mas objetivos iguais. Assim, cada colaborador contribui para algo diferente, com o objetivo final de efetuar a venda e bater as metas;

– Desenvolva um processo de vendas eficaz que atenda as expectativas da sua equipe e forneça dados para que decisões precisas sejam tomadas;

– Dê a sua equipe as ferramentas necessárias e adequadas para ajudar os seus clientes na tomada de decisões, como por exemplo, tecnologias que permitam aumentar a produtividade da sua equipe e diminuir os custos da empresa;

– Sempre que possível, invista em treinamentos que irão agregar conhecimento a mais para a sua equipe;

– Planeje com antecedência as atividades da sua equipe e certifique-se que sejam cumpridas no prazo.

E, por fim, entenda que um supervisor de vendas forte sempre busca uma equipe forte para encarar os desafios de vendas que vêm pela frente.

6- Aplique o que você aprendeu

Agora que você já sabe como ser um supervisor de vendas externas de sucesso, basta colocar tudo o que você aprendeu em prática.

Afinal, você tem a oportunidade de transformar a sua equipe em profissionais melhores, contribuindo para o alcance de metas e melhora nos resultados.

Assim nascem líderes de sucesso! 🙂

Agora que você já sabe como ser um supervisor de vendas externas de sucesso, o que acha de deixar algumas sugestões de conteúdo que você gostaria de ver aqui no blog?

Isadora é redatora da Auvo, responsável por criar conteúdos ricos para ajudar gestores de todo o Brasil a aumentar a produtividade das suas equipes de campo.

Como o auvo pode ajudar na operação de equipe de campo

Como o auvo pode ajudar na operação de equipe de campo

Sabemos que, com o avanço das tecnologias, as empresas estão tentando se acostumar com as inevitáveis mudanças corporativas, consequentes deste avanço.

Neste contexto as empresas que trabalham com equipes externas também tentam se manter atualizadas e competitivas ao buscarem alternativas de controle para suas atividades, como o uso de um software para gestão de equipes externas.

Para estar competitivo em mercados de serviços externos, sua empresa precisa sempre estar um passo à frente. Isso quer dizer que é preciso executar mais atividades com mais qualidade.

E para atingir esse nível você precisa automatizar as tarefas mais operacionais, tanto as suas, como as da equipe em campo.

Você verá nesse post:

  • Roteirizador
  • Check-in Check-out
  • Monitoramento em tempo real
  • Acompanhamento das tarefas
  • Comunicação mais eficaz e direta com o colaborador
  • Uso de questionário personalizado e fotos do serviço
  • Pesquisa de satisfação personalizada

 

Roteirização

Com o Auvo você poderá traçar rotas para cada colaborador e acompanhar seus trajetos, além de ainda obter a confirmação via check-in e check-out nos clientes atendidos.

Os gestores podem ter acesso aos mapas no painel administrativo e selecionar as melhores rotas para as diferentes equipes externas.

Você conseguirá direcionar os colaboradores nos clientes que mais têm possibilidade de fechar novos negócios, e com isso terá uma economia bem maior de combustível e tempo para eles, diminuindo os custos dos atendimentos.

Você também conseguirá montar rotas diferentes para cada um e poderá cobrar de sua equipe caso não faça as visitas que foram designadas antecipadamente.

Pode até mesmo agendar atendimentos que não foram planejados caso seu colaborador já tenha terminado a tarefa, e apareça outra próximo da localização dele.

Check-in check-out

Como falei ali em cima, pela plataforma do auvo você consegue ter a certeza se a visita aconteceu ou não, e quanto tempo isso durou, através do check-in check-out.

Ele pode ser manual ou automático, dependendo da necessidade da sua empresa, ou do tipo de manutenção que for realizada.

Através dessa funcionalidade, você terá o indicador de quanto tempo o colaborador está ficando para fazer a manutenção do equipamento ou máquina, resumindo em produtividade.

Vou te explicar como agora, no próximo tópico.

Acompanhamento em tempo real as tarefas

Você passa as tarefas para seus colaboradores, mas como você sabe se ele está realizando as visitas designadas?

Se ainda não tem o auvo instalado, provavelmente tem que confiar na palavra de cada colaborador. É muito mais efetivo você ter um controle em tempo real de cada tarefa realizada e de cada visita.

Dá pra acompanhar quais tarefas já foram realizadas, quais estão sendo feitas em tempo real e quais ainda estão marcadas para fazer. Assim você pode ter um controle maior do desempenho de seus funcionários.

Relatórios das de despesas e tarefas

Pelo software de gestão de equipe externa da auvo você consegue emitir relatórios de despesas e de tarefas com informações personalizadas como data, tipo de despesa, colaborador ou equipe.

Assim você pode medir a produtividade de cada colaborador e de cada equipe. Tendo o controle desses dados você consegue medir e ter uma média da qualidade de seus atendimentos.

Na imagem abaixo você tem as seguintes informações:

  • Produtividade do mês da equipe
  • Média de tempo em atividade
  • Média de atraso nas visitas
  • Custo médio por tarefa

Comunicação mais eficaz e direta com o colaborador

Com a funcionalidade do chat online você conseguirá conversar e passar novas informações para os seus colaboradores em tempo real. Poderá também direcionar novas rotas, como citei.

Pelo chat você poderá cobrar informações das visitas e se o colaborador está ou não realizando a visita. Acompanhe mais de perto os seus funcionários!

controle de chamados técnicos

Uso de questionários personalizados e fotos do serviço

Ao utilizar um software os colaboradores podem publicar em tempo real fotos e dados sobre cada atendimento que fizeram durante o dia.

Com essas informações em mãos e com o controle de localização e trajeto dos colaboradores você, como gestor, poderá oferecer um atendimento personalizado para os clientes.

Assim, cada cliente se sente mais valorizado por sua empresa e consequentemente mais satisfeito com seus serviços, que, com certeza, também irão melhorar com esse nível de gestão.

Afinal, todo mundo gosta de receber um atendimento de qualidade, não é verdade?

Pesquisa de satisfação

Chega até ser chato a quantidade de vezes que já falei da importância da pesquisa de satisfação aqui no blog, né…

Mas não tem jeito de fugir dela e também nem aconselho.

É aqui que a verdade vem à tona:

Como você saberá se seu técnico está fazendo um bom serviço, sem referências, sem críticas, e opiniões?

O questionário da pesquisa fica a seu critério, você irá personalizar ele com as perguntas da sua preferência.

Tendo a chance de enviar, via email, uma pesquisa de satisfação para seu cliente imediatamente após a finalização da visita.

Assim que a pesquisa for respondida, ela cairá instantaneamente no sistema, sendo arquivada.

Por isso, a plataforma da Auvo é indispensável para qualquer empresa.

Quer ver na prática como o auvo aumenta em mais de 32% a produtividade da equipe em campo? Comente aqui e compartilhe conosco suas impressões e experiências!

Isadora é redatora da Auvo, responsável por criar conteúdos ricos para ajudar gestores de todo o Brasil a aumentar a produtividade das suas equipes de campo.

Roteirizador: Reduza custos e ganhe tempo na Gestão da sua Equipe de Campo

Roteirizador: Reduza custos e ganhe tempo na Gestão da sua Equipe de Campo

Uma das maiores dificuldades de um gestor de equipes externas é roteirizar as atividades dos colaboradores, já que, a maioria não possui um roteirizador. Isso impacta diretamente na produtividade da equipe, além de esgotar os funcionários com mais tempo em deslocamento. Outro ponto importante é que para muitas equipes isso impacta na velocidade de atendimento ao cliente e diminui a satisfação.

Mas como montar a melhor rota, economizar no reembolso de KM rodado e aumentar os resultados dos colaboradores?

Um bom planejamento de rota inclui o uso de um software, para que aconteça de forma organizada. Sem ele você terá dificuldade de calcular a distância entre um ponto e outro e consequentemente isso acarretará todos os problemas que especificamos anteriormente.

Com a localização georeferenciada de cada cliente, a prioridade da visita e o tipo de atividade a ser executada o sistema será capaz de te fornecer informações para que você faça um planejamento muito eficiênte. Outro ponto importante é que com a localização do colaborador você será capaz de agendar atividades de última hora para quem estiver mais próximo, reduzindo o tempo de atendimento ao cliente. Com uma tecnologia de check-in e check-out automático você poderá ter o tempo médio de atendimento ao cliente com muita precisão e medir em quanto tempo a rota será executada.

 

Mas o que é um roteirizador de tarefas eficiente?

o-que-e-um-roteirizador-de-tarefas

Um bom roteirizador de tarefas é um software para programar atividades de uma equipe externa usando as melhores rotas possíveis. Com ele você vai conseguir planejar melhor as visitas dos seus colaboradores, além de reduzir custos com o deslocamento, o tempo gasto em atendimento e a distância entre as tarefas.

Como ele funciona na prática

Colaboradores externos que você não sabe onde estão, como está sendo o atendimento, quais tarefas conseguiram finalizar, clientes fazendo novos pedidos, atividades executadas sem planejamento… Está reconhecendo este ambiente? Isso é muito comum, mais de 60% das empresas que prestam serviço não disponibilizam investimento necessário para organizar os processos da equipe de campo.

Uma das ferramentas que mais ajuda os gestores a organizar a rotina da equipe é o roteirizador de atividades. Nele você pode visualizar seus clientes dispostos no mapa e organizar um planejamento de atendimento prévio para os chamados técnicos que já estão registrados, ou seja, nele você pode priorizar tarefas de acordo com os seus parâmetros e a própria ferramenta traça a melhor rota para o colaborador executar aquela ordem de atendimentos. Além disso, para tarefas que surgem durante o dia, fica muito mais fácil fazer um planejamento de execução rápido e eficiente.

Imagine que você um cliente acabou de solicitar um serviço! Em uma gestão sem ferramentas de automação de equipes de campo, o gestor iria ligar para o técnico, este teria que ir a empresa buscar a OS e depois ir para o cliente, e isso tudo aconteceria sem o planejamento necessário para reduzir custos e perda de tempo.

Agora, com um sistema para gerenciar esse processo, poderíamos imaginar a situação assim: um chamado técnico chega na empresa, o gestor olha no mapa qual o colaborador mais próximo do cliente, direciona o atendimento daquele cliente para esse funcionário que está em campo, o aplicativo cria uma atividade no celular do técnico e este já é notificado, que dentro da planejamento diário dele foi adicionado um novo atendimento e no momento de deslocamento entre os clientes o roteirizador mostra a melhor rota possível no mapa.

O que ele pode automatizar para você?

o-que-um-roteirizador-otimiza-para-voce

As atividades de planejamento de atendimentos diários podem ser inteiramente feito dentro do roteirizador:

Cálculo consumo combustível

As rotas feitas pelos técnicos no deslocamento entre os atendimento ficam registradas na ferramenta e o gestor pode consultar indicadores como: consumo de combustível, reembolso por km rodado, quanto quilômetros cada colaborador rodou e mais alguns.

Melhores rotas

Por meio de uma integração com o Waze o aplicativo (ferramenta de ponta que o técnico instala no celular) mapeia a melhor de acordo com a preferência: distância ou tempo.

Controle da jornada de atendimentos

O gestor consegue acompanhar a equipe externa no mapa e garantir que o planejamento será executado de maneira eficiente. Além disso é possível acompanhar os atendimento em tempo real, já que, assim que o colaborador preencher a ordem de serviço o gestor já tem acesso a ela.

Distribuir tarefas de forma estratégica

Como é possível monitorar a posição geográfica dos funcionários em campo no mapa e ao mesmo tempo saber a dos clientes, o gestor pode segmentar melhor as tarefas para os colaboradores que se encontram mais próximos do cliente em questão.

Aumento de produtividade

O roteirizador, com todas essas funcionalidades pontuais tem o objetivo de reduzir os custos com a equipe de campo, aumentar o tempo em atendimento e consequentemente a produtividade, já que, ele diminui o tempo em deslocamento (que é a parte mais improdutiva da rotina do colaborador externo).

O que justifica o investimento em um roteirizador para equipes externas

Hoje, com a crise que o país se encontra é muito difícil planejar um investimento, ou ainda mais, o crescimento da sua empresa.

Mas mesmo com toda essa dificuldade, ouvimos falar constantemente sobre o crescimento escalável de muitas empresas brasileiras.

Isso nos leva a tal pergunta: Como eles conseguem crescer nesse cenário tão caótico?

Bom, os pontos mais comuns em todas as empresas que conseguem crescer consideravelmente é: elas nunca param de investir e elas sempre investem em tempo.

Porque “tempo é dinheiro”, e esse dito é uma das maiores verdades do mundo dos negócios.

Mas o que é investir em tempo?

como-o-reteirizador-economiza-seu-tempo

Investimento em tempo, significa parar de gastar tempo com atividades que ocupam o seu dia e não são fundamentais para tornar sua empresa uma máquina de crescimento.

Dentro da sua rotina ou na dos técnicos que ficam em campo, com toda certeza, existem atividades que podem ser automatizadas com ajuda da tecnologia, isso é um fato!

Então, o que é fundamental é você analisar, quanto tempo você poderia dispor para atividades que realmente impactam seu crescimento se você tivesse uma ferramenta de roteirização de tarefas e em quanto tempo você teria um bom ROI (retorno sobre o investimento). Caso o seu ROI seja positivo, não perca tempo!

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Como o controle da equipe de campo pode mudar o seu negócio para melhor

Como o controle da equipe de campo pode mudar o seu negócio para melhor

Um dos maiores desafios do controle de equipe de campo é aumentar a produtividade.

O gestor normalmente tem poucas informações sobre o que está acontecendo e dessa maneira ele não consegue saber onde cada colaborador precisa melhorar.

Outro ponto é que o gestor de uma equipe externa quase sempre trabalha remediando problemas ao invés de evitá-los.

Normalmente a produtividade de um colaborador externo é 30% menor do que a produtividade de um colaborador interno e uma das missões da

Auvo é resolver este problema.

Outra questão que a empresa precisa monitorar é a quantidade de dinheiro gasto com a operação. Monitorar a rentabilidade é crucial pro seu negócio andar.

O que nós propomos para resolver este problema que aflige milhões de empresas no mundo todo?

Neste artigo vamos mostrar 5 maneiras de aumentar a produtividade da sua equipe de campo.

1. Defina os principais indicadores de desempenho

Como diz o óbvio você não pode melhorar o que não pode medir. Para medir é necessário que você defina quais são os principais indicadores de desempenho. Para cada tipo de equipe são indicadores diferentes. Neste link você encontra os principais indicadores para uma equipe comercial e aqui para uma equipe de manutenção.

Defina metas em cima dos indicadores e tenha meios de medi-los. Uma ferramenta de gestão é essencial para te ajudar a acompanhar os kpí’s. Além disso neste link você encontra uma planilha para gestão das principais KPI’s de equipes de campo.

2. Saiba em tempo real onde está sua equipe externa

Um dos principais pontos da gestão de uma equipe de campo é saber a localização em tempo real deles. O principal motivo é evitar que as pessoas executem atividades paralelas em horário de trabalho. Infelizmente o percentual de colaboradores que adotam essa prática ainda é muito alta no Brasil e isso é prejudicial aos resultados da empresa.

A grande problema é que os colaboradores detestam ser monitorados e muitas das vezes alegam a falta de “confiança” da empresa em seu trabalho. No entanto um bom profissional que quer se destacar sabe que isso não é um problema e rende ainda mais.

Outro fator muito importante é a distribuição de atividades. Sabendo onde está cada membro da equipe você consegue sempre direcionar as novas tarefas para quem está mais perto, dando dinamicidade para o trabalho, rapidez para o cliente e economia para a empresa.

Controle de equipe de campo?

Lembre-se que o rastreio de colaboradores não pode ser feito sem estabelecer certas regras. Elas garantem a privacidade do funcionário e evitam que a empresa tome processos trabalhistas.

 – Não se pode rastrear apenas uma “parte” da equipe

É bastante comum que a empresa queira rastrear apenas os funcionários mais problemáticos. No entanto isso é proibido. Para a lei você deve rastrear todos de uma mesma equipe. É tudo ou nada.

 – Se o rastreio for via aplicativo, forneça o smartphone ou pacote de dados para o colaborador

Se você instalar um aplicativo como o Auvo no celular do colaborador, certifique-se de fornecer o celular ou um pacote de dados. Lembre-se que para usar o smartphone do funcionário você precisa fazer um contrato de aluguel do telefone.

– Você só pode rastrear colaboradores CLT

Se você tem uma equipe terceirizada, nem pensar em rastrea-los.

– Os colaboradores precisam estar cientes de que estão sendo rastreados

Você não pode monitorar a localização da equipe de forma escondida.

– Somente em horário de trabalho

Não pense em rastrear sua equipe fora do horário de trabalho.

3. Estabeleça uma cultura de meritocracia em sua equipe

Hoje todo mundo quer aplicar a cultura de meritocracia em sua equipe, só que os gestores têm muitas dificuldades em entender e estruturar um processo que motive a equipe. Basicamente a empresa premiará os colaboradores externos que obtiverem mais resultados. Mas como estruturar um programa efetivo sobre isso?

https://www.youtube.com/watch?v=kyUBOBpudd0&t=4sDe forma bem compacta você pode fazer isso de 2 maneiras:

A) Resultados referentes aos indicadores de desempenho

Depois de ter definido os principais indicadores de desempenho, defina premiações por bons resultados alcançados. Lembre-se, premiações em dinheiro são importantes, mas foque em oferecer lembranças que valorize seu colaborador (e economize). Parabenização em público, lembranças e agradecimentos funcionam muito bem.

Isso vai mostrar que a empresa valoriza os colaboradores com melhores resultados e mais comprometidos com o projeto.

B) Comunique com sua equipe de forma clara e objetiva

É comum que as equipes de campo tenham uma comunicação com ruídos. Pelo fato deles ficarem a maior parte do tempo visitando clientes a empresa dedica pouco tempo a eles. Por isso é muito importante que você estabeleça canais de comunicação regulares com os colaboradores. Reuniões de acompanhamento de resultados e discussões sobre os indicadores de performance devem fazer parte do dia a dia da gestão.

Outro ponto muito importante é fazer uma avaliação de desempenho. Isso vai mostrar para o colaborador os pontos fortes e os pontos fracos para melhoria. Você pode baixar o nosso modelo de avaliação de desempenho clicando aqui.

E trabalhe como um líder, isso vai fazer sua equipe confiar em você e trabalhar com muito mais motivação. Se você tem dúvidas sobre como melhorar como gestor nós preparamos um material com 18 atitudes de pessoas que não são bons líderes. Acesse aqui.

4. Otimize a rota da sua equipe

Um dos maiores vilões na hora de aumentar a produtividade da equipe externa é lidar com o trânsito. Ele faz com que seu colaborador fique mais tempo na rua do que em clientes. Uma boa maneira de resolver isso é roteirizar as atividades da equipe por região. Você pode usar um software para fazer isso ou via planilha de Excel, mas não deixe que sua equipe trabalhe sem orientação e fique dando voltas na cidade. Além do custo ficar alto a produtividade e a motivação da equipe vai lá no chão.

A melhor maneira de otimizar a rota da equipe é com um roteirizador automático, que pega as visitas e calcula a melhor rota entre elas levando em conta o horário, o grau de prioridade e o trânsito. Isso faz com que seu colaborador consiga fazer muito mais visitas por dia e aumente a rentabilidade do negócio.

5. Não descuide do custo

Uma equipe externa é muito mais cara do que uma equipe interna, já que existem custos com viagens, combustível, pedágios e outros. Isso faz com que a rentabilidade do seu negócio possa ficar ameaçada caso você descuide dos custos. Algumas estratégias são importantes para não ficar no vermelho com a equipe:

  • Controle da rota feita por cada funcionário;
  • Acompanhar as atividades desenvolvidas;
  • Tenha planejamentos diários, semanais e mensais;
  • Tenha maior controle dos gastos da equipe.

Esses são cinco pontos estratégicos para você obter uma boa gestão da sua equipe externa. Claro, não basta apenas isso para  ter sucesso, mas seguindo essas dicas você já terá um tremendo avanço em direção ao crescimento da sua empresa.

Fique atento, logo a Auvo estará lançando novos posts!

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.

Relatório de visitas a clientes: Por que devo me preocupar?

Relatório de visitas a clientes: Por que devo me preocupar?

Muitas empresas exigem o famoso relatório de visitas a clientes da equipe, isso se dá pelo controle de atividades feitas por cada membro da equipe.

O grande problema é que os externos, normalmente, odeiam preencher tais relatórios, o que acaba gerando conflitos entre a gestão e a equipe.

Realmente faz sentido preencher relatório de visitas a clientes?

Organização é um dos pilares mais importantes para qualquer profissional bem sucedido.

Sem isso, ele se perde nas negociações, por exemplo, quais são os clientes já prospectados, as regiões mais produtivas e as negociações em aberto.

Além disso se você é um representante comercial e trabalha com várias marcas de segmentos diferentes, é preciso informar a empresa sobre quais clientes estão sendo desenvolvidos no momento, já que eles precisam dessa informação

Se você é membro de uma equipe técnica, ter a quantidade de visitas feitas no cliente, com as atividades organizadas e o histórico de manutenções, é essencial para futuras atividades.

Neste material vou te apresentar 3 motivos importantes para que você sempre preencha o relatório de visitas. Vamos lá?

1 – Organize-se

Como eu já disse, um dos principais pontos para que um vendedor tenha sucesso é a sua organização.

Ele precisa ter todas as informações sobre os clientes de maneira fácil e prática.

Se ele não usa um app para controle de visitas para ter acesso a essas informações, precisará ter acesso aos relatórios anteriores de visitas e preenchido ele corretamente.

Outro ponto de organização é em relação a empresa.

Muitas ainda utilizam as planilhas de Excel para organizar sua carteira de clientes, o que sabemos que não é uma boa prática.

Se a empresa que você trabalha ainda utiliza esse tipo de ferramenta, entenda que é essencial para eles terem acesso a todos os relatórios de visitas e prospecção.

Isso ajuda a montar carteira de clientes, delimitar áreas de atuação para cada membro da equipe e ter acesso a produtividade de cada vendedor.

planilha avaliação de desempenho

2 – Ajuda a criar um histórico

Se você preencher, de preferência em um sistema de controle de visitas, o histórico do cliente, com certeza suas visitas serão muito mais produtivas.

Por exemplo: se você é novo em uma empresa e assumiu a carteira de clientes de um antigo colaborador, poderá se atualizar apenas das últimas atividades, feitas em cada cliente, e saber o estágio de cada negociação.

Isso vai economizar muito tempo e te ajudar a visitar os clientes dentro de ciclos estabelecidos por vocês em reunião.

O que deixa o trabalho muito mais fácil e simples.

Para uma equipe técnica, deve ser prioridade saber o histórico do cliente, quais são as peças que já foram trocadas, o porquê disso ter acontecido, entre outros.

Com essas informações o técnico ganha tempo e consegue resolver tudo facilmente.

3 – Controle de produtividade

Medir a produtividade de uma equipe de campo é muito difícil.

Normalmente, é complicado mensurar a quantidade de tarefas feitas, quem gastou mais tempo executando, se chegou atrasado nas visitas etc.

Novamente digo, uma ferramenta de controle é muito mais eficiente para medir a produtividade, mas se a empresa ainda não possui uma ferramenta como essa é interessante que os relatórios em papel sejam feitos.

Afinal, sem isso o gestor não terá nenhuma informação sobre a produtividade.

Outro ponto importante é estabelecer parâmetros de qualidade.

Por exemplo, em média, quantas visitas são necessárias para um determinado segmento de clientes comprarem seu produto, ou quantas atividades são necessárias para resolver um problema técnico?

Tudo isso indica a qualidade do trabalho e ajuda a organizar as metas e atividades.

Agora que você já sabe como fazer um relatório a clientes eficientes e como ele pode ajudar a sua empresa, não perca tempo e invista em mais qualidade e praticidade.

Gabriel é CEO da Auvo e já ajudou mais de 1500 empresas a aumentarem a produtividade da sua equipe de campo. Além disso gerenciou equipes externas durante 7 anos e sabe bem as dores de um gestor.